30 de mar de 2013

Auto retrato - Tássio Revelat

 
 
 
 
Sou apenas um poeta nômade, navegante de mares interiores cujo elixir da vida está num longínquo lugar, mas em mim. Sonho com a paz mundial e acredito no poder transformador que há no olhar de todas as crianças, pura poesia traduzida em bondade, inocência e verdade. Busco pelos caminhos da educação, arte e espiritualidade polinizar rizomas da eternidade, onde por meio de um conhecimento místico/transformador a flor da autorealização torna-se o supremo mandamento de cada instante. Nessa tecitura do incognoscível que reconheço o sentido da vida e a poética sublime das relações.
É curioso perceber que toda a beleza do vir a ser e a perfeição dos ideários passados estão na filosofia perene do aqui/agora, mas temos que ter coragem e fé para continuar nessa busca incessante pelas pérolas do fogo sagrado que estão para além do inacabamento daquilo que pensamos ser......

Tássio Revelat

Nenhum comentário:

Postar um comentário