10 de out de 2011

A Criança Perdida - Poesia de Tássio Revelat


Sou um ser inacabado, inconcluso, portanto, educável..
Vivo a pensar, a refletir, a filosofar..
Mas a grama cresce, a noite resplandece e eu não chego a nenhum lugar..
Como um cego tateando no escuro, perdido no tempo, preso no filtro do pensamento..
Onde está a luz do mundo?
No profundo Vácuo Quântico ou na mente dos Cultos?
Chega de conceitos e preceitos !
Quero me libertar !
Voltar a ser criança, contemplar a esperança..
E a luz alcançar..!

Tássio Revelat

Nenhum comentário:

Postar um comentário