16 de abr de 2013

Amor das estrelas,




Sua sabedoria, beleza e poesia fazem o beija-flor voar para o mais alto dos montes e chorar lágrimas de alegria. Lá do alto, onde a visão humana não mais alcança, o seu canto e as suas lágrimas aluminadas por esse amor atemporal vivificam toda a face da terra... onde há guerras, os homens reverenciam-se em gratidão, onde há fome, os homens se vêem saciados, onde há enchentes e secas, a natureza retorna ao equilíbrio. O beija-flor inspirado pela sabedoria e beleza de sua flor entrar num estado de júbilo e êxtase ao ver as crianças e adolescentes amando o conhecimento através da dança, poesia e os caminhos do vento. O Beija-flor percebe que o amor dele pela sua flor possui a capacidade de iluminar as estrelas e o coração dos homens e de revelar os segredos de todas as escrituras. Tudo parecia está em pleno estado de perfeição e harmonia na terra, mas o beija-flor percebeu que faltava algo, a terra ainda não tinha se transformado no paraíso completo como os poetas e místicos sempre profetizaram, então ele foi contemplar a sua flor num dos mais belos jardins da terra em noite de lua cheia, chegando nesse local mágico, ele passou a observar o reflexo da lua nas belíssimas águas do mar, quando em revelação ele percebeu que a flor que ele tanto amava era reflexo da sua própria essência. Nesse dia, Deus chorou de tanta alegria e a terra se transformou em paraíso.

Tássio Revelat

Nenhum comentário:

Postar um comentário