20 de nov de 2015

O mundo às avessas: Mariana, Chapada e Paris em Chamas, poema de Tássio Revelat


O mundo às avessas: Mariana, Chapada e Paris em Chamas

 
 
Rios de lama...destruição à vista,
Chapada em chama, a natureza agoniza.
Triste saber que a natureza grita, mas o ser humano não  escuta.
         
Rios de corrupção e a Nação em retrocesso,
Ideologias mortas em Leilão e o coração do Brasil se abre em canções de protesto.
Triste reconhecer que a História ensina, mas o ser humano não aprende.

Comparação de tragédias, o povo brasileiro perdido...
Vivemos uma trágica comédia
De um canto perdido
Homens – Bomba, atentado à vista
Conflitos injustificáveis e homens que se perdem na ilusão da conquista

Será que é difícil perceber
Que o outro não é tão diferente de nós?

Tássio Revelat

Nenhum comentário:

Postar um comentário