30 de mar de 2013

Fogo sagrado - poema de Miliane Tahira

Fogo sagrado


Essa chama que sou eu
Essa chama que é tudo
Vislumbro o mundo
E dissolvo-me do meu eu
Encontro a verdade
Libertação da vaidade
Na entrega do total
Absorvo o plural
Fogo sagrado que cria, transmuta e devolve
Revela o que é , foi e sempre será
Dissolve o tempo fatiado
Na dimensão do sagrado
Tempo do eterno
Onde o amor é maior
Que as vivências equívocas dos mortais eus..
Onde o nosso amor revela
A infinitude da presença do nosso Deus...

Nenhum comentário:

Postar um comentário